quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Outras fotos, de um integrante do GEA

As LUAS DE GALILEU GALILEI, foi sem dúvida uma tatuagem no transcorer de 2009, celebrado o pai da moderna ciência adjunto ao ANO INERNACIONAL DA ASTRONOMIA. Passados 400 anos Galileu Galilei continua sendo moderno, instigante e um exemplo.
Refrente a montagem ,dentre as inúmeras e incontáveis alegrias que este trabalho proporcionou , relato a aproximação com a equipe do Planetário da UFSC e do GEA, presidido pelo Engenheiro e Astrônomo Adolfo Stotz Neto.

Na última reunião de 2009 do GEA, além de descobrir que os cientistas também são artistas: músicos, cantores e poetas tive a satisfação de conhecer a simpática familia de um dos integrantes o Astrônomo e Professor Cleber Chaves.Os filhos crescem frequentando o Planetário da UFSC, ao seio da ciência e ao deslumbramento de olharem e estudarem os céus de cada dia. Podem imaginar, que crianças com esta ampla visão do universo , são de fato pessoas de rara sensibilidade e olhar amplo ao cotidiano. Feito este registro, talvez e cetamente saudosa da equipe de Galileu e dos cursos do Gea ao inicio deste 2010, recebo via mail, do Professor Cleber , algumas fotos que ele bateu quando da estréia da peça.
Paraninfo que foi de uma escola onde leciona, contou-nos que iria dedicar sua fala a@s alun@s citando a frase final de nossa encenação, quando ao fim da vida Galileu
(Ator Nei Perin) a revelia de sua prisão domiciliar, repleto de sua sabedoria fala: E NO ENTANTO ELA SE MOVE. A intenção do Professor Paraninfo ao mencionar a cena da peça seria de incentivar @S alun@s formand@s, a perseguirem seus sonhos, suas crenças, seus ideais tal como o fez a 400 anos Galileu Galilei





























Um comentário:

  1. A arte e a ciência de mãos dadas!
    Um Bom Ano e muitas representações!
    bjs,
    jj

    ResponderExcluir